A revelação que a Era de Aquário confere às pessoas que estão preparadas para recebê-la, acontece em nível íntimo e profundo dentro do âmago da consciência.

 

 A Era de Aquário é regida pelo planeta Urano, que tem o poder de despertar a identidade e consciência universal que, há milênios, está adormecida em nós. Os astrólogos chamam o planeta Urano de “O DESPERTADOR”. O alcance da consciência da nossa identidade universal nos revela o verdadeiro caminho que o homem deve seguir, isto é, a busca da própria identidade consciente e a busca em Si Mesmo das razões que o prendem à matéria.

Não existe milagre ou fórmula mágica que faça a pessoa despertar para a vida universal conscientemente. Há uma única lição a aprender: a fé, a fé na consciência universal, a fé no seu próprio poder de compreensão e de penetração nas leis do universo que o faz consciente de Ser. A criança engatinha e deseja caminhar com os próprios pés, precisa Ter a autoconfiança suficiente para dar o primeiro passo. Todos os conselhos que se lhe podem dar serão resumidos na hora de Ter fé e confiança. Todas as energias serão revertidas em impulso e ação da própria vontade, quando o pensamento, naquele instante não serve mais de apoio e a vontade toda está concentrada unicamente no próprio querer.

Por isso, o verdadeiro espiritualista, isto é, aquele que busca o caminho da Luz e da Auto-realização não deve seguir unicamente conselhos e dogmas, mas deve despertar em si a certeza de que só a sua ação e a sua atitude interna poderá trazer à tona uma real transformação do seu ser e do seu estado consciente.

A consciência do próprio EU interno pode ser desperta e sentida quando a pessoa consegue se desligar do mundo externo, das percepções dos sentidos e de todas as excitações emocionais que porventura possam vir de fora, erguendo assim, em torno da sua percepção interna uma muralha invisível que o fará concentrar toda a atenção naquilo que lhe vem unicamente de dentro. Se neste estado a sua visão se abre, ele penetra no limiar de uma consciência superior através da qual poderá desenvolver a sua manifestação terrena atingindo passo a passo as virtudes e a elevação no mundo dos espíritos livres.

Nós estamos aqui na Terra para aprender a Verdade sobre nós mesmos. Todas as impressões que vêm através dos nossos sentidos humanos, criam em nossa mente uma imagem enganosa e fascinante do mundo que nos circunda. Esta imagem do mundo externo, com as suas impressões, pode representar uma forte tentação para que nós queiramos nos projetar para fora, para alcançar algum objetivo egocêntrico, isto é, da nossa mente inferior, que só consegue perceber o mundo da relatividade. A nossa entidade manifestada, aquela que tem o contato com o mundo externo através dos sentidos, recebeu o marco supremo da Vontade, o EU divino que se tornou humano sem perder a força total do livre arbítrio trazendo consigo para o plano terreno o “FIO SAGRADO” da Vontade Divina.

A força de Vontade é o único canal que nos liga ao Poder Supremo do Pai e Criador Celestial. Ela também será a única que poderá nos libertar dos laços fascinadores do mundo das aparências e trazer-nos de volta para a casa paterna. Alem da Vontade, todas as outras faculdades são apenas instrumentos que podem nos ajudar até certo ponto no caminho e, então, serem descartadas para que nos prendam no pedestal no qual estão operando. Exemplo: a água nos pode servir para nadar até a margem firme, onde devemos abandoná-la. A terra firme serve de apoio até que aprendermos a voar pelo ar com nosso pensamento. O ar serve como a força alimentadora do fogo da nossa fé, até que o homem aprenda a reconhecer a sua própria identidade. O fogo, que é a fé em si mesmo e na nossa própria divindade, nos leva à consciência universal, ao reconhecimento cósmico da Unidade, ao reencontro de si mesmo em todas as coisas, resumindo todas as vontades numa única, que sempre foi e será alem do dimensionamento espacial, temporal e energético, alem de toda manifestação nos elementos.

Por isso, devemos limitar o vasto canal que nos leva à matéria e à perdição da verdadeira identidade de nós mesmos e procurarmos enfatizar em nós a consciência da identidade superior buscando perscrutar melhor a sua mensagem nesta nova Era de Aquário que nos traz um novo estilo de vida. Devemos abandonar religiões e preconceitos cegos de um Deus exclusivo ou de uma verdade personalizada e monopolizada.

Em verdade, a influência do planeta Urano, o regente da presente Era, representa força que quebra todas as limitações e abre consciências para a percepção dos espaços infinitos da verdadeira espiritualidade, abraçando no seu âmago, todos os seres vivos numa verdadeira fraternidade universal. Aquele que sentir vibrar em si a mensagem da Nova Era, será um dos chamados pela força da FRATERNIDADE BRANCA UNIVERSAL DO ARCANJO MICKAEL para a realização desta Obra Divina.

Zari

http://despertar.alkalay.net/2007/07/ne-era-de-aquario.html