CURA QUÂNTICA

 

A RETOMADA DO PODER PELA CONSCIÊNCIA DA RECONEXÃO
Ginaiá Ferreira de Brito em 07 de julho de 2009 São Paulo, SP, Brasil
 
Durante o ano de 2008, muitas pessoas, em todo o mundo tiveram contato com esta “Nova Realidade” chamada “Nova Energia”. 2008 foi, portanto, considerado o ANO DOS NOVOS COMEÇOS e da CONSTRUÇÃO DA NOVA TERRA, em função desse padrão energético inédito disponível através da Grade Eletromagnética que envolve o planeta e que é responsabilidade dos Seres do Serviço Magnético sob o comando de Kryon, conhecido como Mestre Magnético. Dentro desse contexto passamos a atuar na área Quântica como nunca antes registrado e, aquele grupo, denominado de “OS TRABALHADORES DA LUZ” passou a desempenhar um papel fundamental no desenvolvimento e estruturação desses processos de capacitação e introdução dos humanos no contato com esse contexto. Passamos a discutir então, a ativação dos 12 filamentos do DNA Interdimensional e as diversas técnicas para promover o aumento do coeficiente de luz individual e coletivo dos habitantes do Planeta Terra. Passamos a trabalhar ativamente nos processos de expansão de consciência para auxiliar na absorção do maior “quantum” de luz para realizar o caminho da Ascensão. E, dentro desse cenário, chegamos aos parâmetros da “Cura Quântica”. A cura primordial que explica todas as curas, por assim dizer, que permeiam a vida psico-bio-física do ser. Como ela é possível de ser realizada? De fato é muito simples. O fundamento primordial da Cura Quântica é, sem dúvida, a “Intenção Pura”. A Intenção Pura ocorre a partir da consciência do que de fato é o SER verdadeiramente em sua essência constitucional primeva. Veja bem, o Ser aqui considerado humano é, de fato, um fragmento de uma consciência Superior e só pode ser dotado de Intenção Pura quando reconhece sua conexão com o TODO e com TODAS as criações holográficas expansionadas da sua própria concepção de criador primordial. Nesse passo, vamos simplificar, ou melhor, clarificar a compreensão de muitos. Imagine, por um instante, que você é um Lago Fonte de Água Central dotado de inteligência sobre TUDO QUE É. Então, em determinado momento, você num ato de supremo Amor resolve se recriar... Então, você expansiona e... Splash! De súbito, espalha milhões de partículas/gotas de água de seu Lago Central ao seu redor! Algumas delas caem sobre a terra, outras sobre as pedras, nas copas das árvores, outras ainda em animais...
 
Cada uma dessas partículas sente-se inicialmente desconfortável com essa Nova Realidade. A “desconexão” com o Lago Fonte faz com que elas se percebam “separadas”, “apartadas” e com certo receio dessa nova realidade desconhecida de cada uma. Ainda que, nesse início, ainda saibam de onde vieram e o que eram antes do efeito Splash! Elas sentem que são individuais agora. À medida que cada uma delas interage em suas novas realidades com a terra, as plantas e os animais, enfim, em seus novos habitat’s cada uma delas passa a desenvolver novos conhecimentos, gerais e específicos, decorrentes da interação com esses meios. Algumas então desenvolvem conceitos e métodos de como lidar, da melhor maneira possível, com esse novo modo de viver. As partículas passam então a envolver-se nessas experiências e a desenvolver cada vez mais habilidades e talentos decorrentes da realização contínua dessas atividades e assim acumulam mais e mais conhecimentos sobre estes habitat’s. Com o desenvolvimento dessas habilidades, as partículas, passam então a criar e alterar significativamente seu meio, recriando continuamente essa realidade.
 
 
Porém, quanto mais experiências acumulam nessa vida material, as partículas ficam mais e mais esquecidas da sua condição inicial e essencial de Água da Fonte e, curiosamente, vão sentindo que há alguma coisa faltando, sem lembrarem que SÃO a Água da Fonte! É então que, a cada nova incursão nesse habitat, elas vão se envolvendo nas emoções e amplificando um corpo específico para elas, tendo o medo como a base que vai se solidificando e somado a essa sensação de falta e perda, vai tornando as partículas temerosas em tudo que fazem. Aquela sensação de ser parte de algo muito maior vai ficando cada vez mais reduzida ao íntimo de cada uma até que só com processos específicos ficaria possível restabelecer essa reconexão. Nesse sentido as partículas tiveram muitas experiências interessantes através de processos filosóficos e religiosos diversos, cada um com uma proposta e/ou explicação para aquela sensação de desconexão e um caminho para restabelecer essa proximidade com a Fonte. Mas, nenhuma delas, se propôs a fazê-las lembrar que era a própria Fonte vivendo num habitat diferente. Demorou muito tempo até que as partículas começassem a se lembrar... E, ao lembrarem-se, cada partícula poderia novamente expansionar e criar outro efeito Splash! Através da Intenção Pura, poderiam modificar e alterar tudo de novo. Bastava lembrar-se de novo, readquirir consciência sobre quem eram e todo o poder que possuíam. Bem, como podem perceber então, um grande número de partículas humanas se lembrou nos últimos tempos (desde a Convergência Harmônica) e reivindicou sua divindade esquecida através de processos individuais que geraram um efeito Splash! Coletivo para toda a humanidade... A partir daí tivemos a possibilidade de através da memória celular seminal ativar o DNA Interdimensional e seus atributos quânticos e promover a Cura Quântica em pacotes de energia que aumentam o coeficiente de luz clarificando a consciência de cada célula dentro do oceano interior celular de cada ser. NUNCA deixamos de ser FONTE! E nossa constituição é água, desde a formação do planeta (que nós criamos!) até os nossos veículos físicos. Então, através da sintonia na freqüência específica do DNA Fonte toda cura se processa de maneira rápida eficaz e completa, entendem? Todo esse processo passa pelo equilíbrio da água interna e externa de nosso Planeta Azul. Como disse anteriormente, é relativamente simples, pois agora que a “realidade” foi alterada e vivemos um momento único desde a desconexão primordial, temos de novo nossas habilidades iniciais de criação! É muito importante trazermos nossa “memória cósmica” para que essa experiência que vivemos até aqui, possa ser recriada e cada Ser consiga sair da matrix da irrealidade (holografia criada) que se tornou a “vida real” desde a perda da consciência (A Queda), mas que não passa de uma criação tridimensional para uma experiência de dualidade na matéria densa pelos Seres que desejavam experimentar a própria capacidade de voltar ao Lar depois de uma incursão na total inconsciência e perda de memória. Caminhamos éons de tempo sem a memória primordial, mas AGORA, nesse exato momento, podemos alterar esse caminho e modificarmos nossa história pessoal, trazendo alegria e paz profunda para nossas vidas e daqueles a quem amamos. Aliás, o Amor é a freqüência que mencionei. Somente devidamente “sintonizados” nessa vibração é que podemos promover todas as Curas em estado quântico! Muitos Avatares (com consciência, claro!) vieram até aqui para dar às partículas o caminho da libertação da matrix pela cura e aumento do coeficiente de luz. Eram tão eficientes nisso que só sua terna pres
ença no planeta promoveu mudanças que alteraram o curso da história para muitos de nós! Tudo que vivemos até aqui foi de uma beleza profunda e modificou toda a essência da Fonte e os destinos universais. Somos Deuses Criadores! Isso é o que é real. E, se criamos essa holografia tridimensional, criamos outra penta dimensional, mais de acordo com nossas novas aspirações, consciências e vontade manifestada! Somos capazes dos maiores prodígios, principalmente em nome do Amor. Cada um é capaz! E quando nos unimos nosso coeficiente de Luz se torna tão poderoso que temos a força de mil sóis dentro do peito! Os Trabalhadores da Luz só chegaram a essa consciência um pouco antes, no sentido de “facilitarem” o processo.
Agora TODOS devem “acender” a sua luz! Façam isso! Acendam uma Luz que nunca se apaga chamada Consciência do UM! E assim é! Com profundo Amor Magnético!
SOMOS UM.
EU SOU GINAIÁ
Kryon_no_brasil@terra.com.br