Ele é a transformação do eu inferior em Eu superior.

 

O Raio BRANCO é especialmente ligado à humanidade, à luta entre a vida instintiva, animal do terceiro reino e a vida consciente da alma. É o raio que funciona como um agente de equilíbrio. Raio da 'arte de viver'.
O Raio BRANCO , por sua conexão com o quarto plano de buddhi, ou Intuição, permite que a espécie humana evolua para um lugar onde o intelecto seja transcendido por uma sintonia com a compreensão da vida muito mais profunda. A paixão da crucificação de Jesus é o drama cósmico do Raio BRANCO. Ele é a transformação do eu inferior em Eu superior.
Como raio da beleza e da arte, também é o refinador. O verdadeiro artista está sempre lutando para apresentar através da pintura, escultura, música, cinema e literatura, um esclarecimento de uma idéia ou sentimento que possa expressar adequadamente suas aspirações internas ou impulsos de vida.
O Raio BRANCO é o raio da luta e as pessoas que estão ligadas a ele encontrarão uma dualidade muito particular surgindo em suas vidas. Atividade e inércia são de proporções divididas entre o amor e o conforto de agir afetivamente. As pessoas que são ligadas a esse raio são possuidores de grandes dons, também achando difícil focar e exteriorizar seus talentos pelo seu aspecto de inércia, que é característica deste raio.
Coragem e visão firme, as pessoas do Raio BRANCO que sobrepõem à inércia é dinamicamente criativo.

 

 

 


http://www.sintoniasaintgermain.com.br/raios/4raio_p.htm


Conceito:
Beleza em todas as coisas, impulso para equilibrar tendências opostas, afim que efetuar uma harmonia maior, arte de viver, o anseio por alcançar a perfeição.

Na alma:
É o "Artista Divino"; procura elevar a consciência humana através da realização da beleza e da harmonia existente na natureza e no mundo das formas, o mediador entre o céu e a terra, Deus e o Homem; o Sacerdote.

Personalidade:
raio do mediador, intérprete, artista, aquele que cura através da harmonização e do equilíbrio das energias do corpo e das polaridades, acupuntura, determinadas técnicas de massagens, terapia da cor.

Características positivas:
grande senso de equilíbrio e simetria, sensibilidade poética, especialmente quanto à natureza; imaginação, criatividade na formação do estilo de vida de uma pessoa; pode manter a luta e o conflito até que os objetivos desejados sejam alcançados.

Deficiência de caráter:
indolência, comodismo, pode ser excessivamente impetuoso, pode iniciar conflitos desnecessariamente, inquietude e tendência para a depressão quando as metas não podem ser atingidas (uma vez que o Raio BRANCO é uma fusão dos raios AZUL e DOURADO, quando a energia do Raio AZUL da vontade/poder não está em equilíbrio com o Raio DOURADO, a conseqüente falta de direcionamento para a expressão da vontade é claramente indicada. Isso se demonstra como um sentido de orientação de força de vontade).

Deve cultivar:
serenidade, equilíbrio emocional, confiança, autocontrole, verdade, clareza de propósito.

Físico:
tendência a ter corpo equilibrado e bem proporcional, gostam de se enfeitar, já que a necessidade de expressar beleza física é muito grande.