Emprego da Homeopatia Hahnemanniana no Tratamento e na Prevenção das Epidemias

Homeopathy: a preventive approach to medicine ?
Artigo na Revista IJHDR, vol.8, n.29, 2009
 

 

http://sites.mpc.com.br/bvshomeopatia/destaques/zulian22_HomeopatiaTratamentoPrevencaoEpidemias.htm

 

Prezados Amigos,
 
Acaba de ser publicada, no periódico International Journal of High Dilutions Research (IJHDR), um artigo sobre o emprego da homeopatia hahnemanniana no tratamento e na prevenção das epidemias:
 
Perante as inúmeras mobilizações da homeopatia nacional e mundial frente às recentes epidemias de dengue e gripe suína, nos propusemos a escrever essa atualização/revisão com o intuito de sistematizar a episteme de Samuel Hahnemann na aplicação da homeopatia como medida preventiva (geral ou específica) ou terapêutica, assim como referenciar, descrever e discutir as iniciativas de médicos homeopatas clássicos e contemporâneos no campo das epidemias, levantando questionamentos e sugerindo o desenvolvimento de pesquisas na área.
 
Apenas com a elaboração de protocolos de pesquisa corretamente delineados é que poderemos responder às inúmeras dúvidas que envolvem essa abordagem homeopática, a fim de orientarmos, de forma ética, eficaz e segura, as medidas profiláticas ou curativas às populações expostas aos diversos agentes patogênicos.
 
Dentro dessa proposta, sugiro a todos que leiam o Edital MCT/CNPq Nº 073/2009 - PRONEX - Rede Dengue, que destina dezenas de milhões de reais para impulsionar a pesquisa científica básica e aplicada em dengue, respondendo às demandas do país e às demandas específicas das unidades da federação:
 
De forma isolada ou multicêntrica, com financiamento satisfatório, inúmeros trabalhos científicos com homeopatia poderiam ser desenvolvidos segundo os temas propostos no Edital:
1) Dinâmica de infecção e controle;
2) Fisiopatogenia e preditores moleculares, genéticos e clínicos; e
3) Diagnóstico, terapêutica e manejo clínico.
 
Infelizmente, o prazo para o envio de propostas termina em 10/01/2010.
 
Faço votos que os colegas ou pesquisadores homeopatas que trabalham nessa área possam aproveitar essa oportunidade ímpar, para que a ciência homeopática nas epidemias seja ampliada.
 
Atenciosamente,
 
Marcus Zulian Teixeira
www.homeozulian.med.br